Benefícios da hipnose para alguns tratamentos

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Antes de mais nada, é preciso entender que a hipnose não é mágica, não é bruxaria e muito menos envolve questões religiosas.  Ao contrário disso, a hipnose exige muito estudo e profissionalismo. Estudos científicos feitos com a utilização de tomografia computadorizada confirmaram que o cérebro pode reagir aos comandos de um hipnotizador. Com base nas ciências ocultas no antigo Egito e na Grécia, essa técnica é utilizada desde a antiguidade, onde os doutores usavam para curar seus pacientes.  Ao contrário do que parece, durante a sessão hipnótica o cérebro está em plena atividade. Reações cerebrais desencadeiam a produção de neurotransmissores, substâncias que transmitem informações através do sistema nervoso, provocando diversas reações orgânicas.

A pessoa que está sendo hipnotizada não dorme, na verdade está apenas relaxada. Esse relaxamento físico é extremamente benéfico para aqueles que buscam apenas restaurar a energia corporal. A hipnose vem sendo ferramenta de tratamento de diversas doenças ou síndromes, sejam físicas, emocionais ou psíquicas. Ela pode ser muito bem indicada para o auxílio terapêutico em distúrbios psíquicos como tiques, fobias, depressão e síndrome do pânico, bem como em casos de vícios como o tabagismo e alcoolismo. A hipnose tem sua ação comprovada também no controle da dor, sendo utilizada, por exemplo, por dentistas e até em algumas cirurgias.

Para você entender melhor, no tratamento da lombalgia relacionado a dores nas costas, por exemplo, é possível combinar o relaxamento muscular e analgesia do alívio de dor, através da hipnose com resultados a curto prazo. Passada a fase de dor, programa-se o tratamento reabilitacional do paciente combinando outras técnicas como acupuntura, osteopatia, e outras terapias manuais, sempre respeitando sua individualidade. Se você está interessado neste assunto, procure nos da Clínica de Hipnose Paraná, pois aqui temos os melhores profissionais do ramo.


Deixe seu Comentário.



Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×